sexta-feira, 13 de abril de 2012

SACOLINHAS PLÁSTICAS TEM QUE VOLTAR

CONTRA AS MENTIRAS DO GOVERNO E SUPERMERCADISTAS
Mais uma vez a população e principalmente a população de baixa renda está sendo obrigada e enganada pelo governo do Estado de SP e também pelos supermercadistas, que em um "acordo", decidiram acabar com a entrega de sacolinhas plásticas que embalavam nossas compras, dizem eles que é para ajudar o Meio Ambiente.

Não doar as sacolinhas ajuda o Meio Ambiente em que eles (Governo e Supermercadistas) vivem, pois no nosso meio ambiente não ajuda em nada, só prejudica, pois vejam só. O cidadão sai do serviço e indo para casa lembra que precisa levar algumas coisas para alimento do lar, passa no supermercado, e compra um kilo de carne (embalada na sacola plástica), compra 1 kilo de tomate (embalado na sacola plástica), compra uns biscoitos (sacola plástica) e leite (sacola plástica) e passa no caixa para pagar, quando está terminando as contas a caixa pergunta vai querer uma sacola biodegradável, se a resposta for sim, tem que pagar, se for negativa, use a sua sacola se não trouxe leva suas compras na mão pois não podemos entregar sacolinha uma vez que defendemos o meio ambiente.

Muito bom né todos os outros produtos podem ser embalados com sacolas plásticas, mas o único que prejudica o Meio Ambiente é a sacolinha que embalava nossas compras, que antigamente serviam para depois embalarmos os lixos, que agora ficam em caixas de papelão e quando chove correm o risco de irem para as bocas de lobo, mas não tem problema pois estamos defendendo o meio ambiente, pois não temos mais sacolinhas de supermercado.

Vamos analisar amigos, os poderosos nos enrolam facilmente e nós aceitamos, é vergonhoso falar que vão começar a defender o meio ambiente proibindo as sacolinhas plásticas, é vergonhoso ter que pagar por outra sacolinha só porque tem o nome de biodegradável. Fala sério isso tem que mudar, vamos lutar juntos pela volta das sacolinhas de supermercados, quero levar minhas compras como antes, quero manter o emprego dos empacotadores, pois cuidado o segundo passo na defesa do meio ambiente do Governo e do Supermercadistas é por algum motivo demitir os empacotadores, e nós novamente iremos aplaudir.

Esse nosso Estado é uma brincadeira sem fim, pois o pobre sempre paga as contas, se temos apenas um carro um dia por semana não pode rodar na Capital, o rico roda todos os dias pois tem carros de todos os finais de placa, nós obedecemos senão levamos multa. O rico tem dinheiro e não sentirá no bolso os 0,59 centavos de real, no preço da sacolinha biodegradável, nós correremos atrás da caixa de papelão, ou então compramos um pouco menos de pães para poder adquirir a sacolinha.

CHEGA Governo queremos ação que realmente ajude toda a sociedade, não apenas enrole o povo, queremos projetos de defesa do meio ambiente de verdade, não enganação, como exemplo nossa Mairiporã que a anos é considerada uma cidade ambiental, que nada se pode construir, tudo é proibido, e nem saneamento básico a maioria da população possui e isto reflete em quase todo o Estado de São Paulo, que é o Estado mais rico de nosso país.

POR UMA DEFESA DE VERDADE DO MEIO AMBIENTE
LUTAMOS PELA VOLTA DAS
SACOLINHAS NOS SUPERMERCADOS

Um comentário:

Roberto Coelho disse...

Querido Cleriston, precisamos mesmo tomar atitudes aqui em Mairiporã.
Mesmo suspesa as sacolas em vários municípios o Sr Jose Eduardo da OAB diz que a Lei não obriga a nenhum estabelecimento deixar de fornecer as sacolinhas a seus clientes, veja no link o vídeo de como a nova lei Municipal em Guarulhos funciona:

http://www.sbt.com.br/jornalismo/noticias/?c=18063&t=Em+Guarulhos,+uma+lei+obriga+a+distribuicao+de+sacolas+plasticas

Isso sim é respeitar os Guarulhenses.
Vamos tomar como exemplo e ajudar nosso povo Mairiporense.

Abraço, Roberto