terça-feira, 4 de agosto de 2009

O PROGRESSO E O MOVIMENTO

SER CONTRA OU A FAVOR DO PEDÁGIO NO KM 66

Este assunto está sendo muito debatido na cidade de Mairiporã, algumas pessoas são contra o pedágio no Km 66 da Rodovia Fernão Dias e alegam que a cidade de Mairiporã irá se tornar uma rota de fuga de carros e caminhões para evitar o custo do pedágio e a retenção de fluxo, natural da praça de pedágio. Os contrários se denominam de Movimento Popular "Pedágio Aqui Não".
A grande maioria se auto denominam ambientalistas e querem por que querem a saída do pedágio do Km 66, esquecendo-se que a empresa vencedora da licitação OHL está trabalhando para melhorar não somente a Rodovia mas também trazer benefícios a cidade de Mairiporã.

A empresa já se comprometeu em iluminar todas as passarelas existentes na rodovia, a empresa está canalizando o rio próximo ao bairro Votorantim e ampliando as laterais da rodovia, para que a praça do pedágio seja ampla e bem iluminada facilitando a vida de todos os usuários da rodovia.

É importante frisar também que a alegação do movimento criado parece também ser inconsistente no sentido de afirmar que "colocamos em risco nossa tranquilidade, a segurança de nossos filhos, a fauna e a flora da Cantareira, além de pôr em risco todo o sistema de abastecimento de água (Represa Paiva Castro)". Essa alegação é tarde pois por iniciativa de um movimento que se não é o mesmo é muito parecido, brigaram proibindo a construção do Rodoanel no trecho Mairiporã, que por falta desta obra hoje a continuidade do Rodoanel é a Rodovia Luiz Salomão Chamma (Mairiporã-Franco da Rocha) e a Avenida Tabelião Passarella, que como é de conhecimento de todos, nossa cidade está em sério risco por falta da obra do Rodoanel.
Falando no pedágio é bom sempre repetir que sou extremamente contra qualquer pedágio em Rodovias quando administradas pelo governo, uma vez que já pagamos IPVA que este imposto é para manutenção das estradas. Mas quando a rodovia é administrada por empresas particulares a única maneira da empresa ganhar dinheiro para manter a rodovia é cobrando pedágio e aqui vem minha defesa, de todas as licitações realizadas para manutenção de rodovias o pedágio mais barato é o da rodovia Fernão Dias, que está em torno de R$ 1,00 (um real).

Com o dever de informar a verdade declaro é mais barato vir de Belo Horizonte para São Paulo do que de Campinas para São Paulo, cujo único pedágio custa R$ 9,00 (nove reais). Alegar que carros e caminhões vão abandonar a Rodovia Fernão Dias para adentrar a nossa cidade também não é verdade, pois aqueles que conhecem a atual rodovia e sabem da segurança que ela traz nunca deixará a rodovia por causa de um pedágio de R$ 1,00 (um real) ou centavos a mais.

Por mais que seja dito eu continuo a afirmar a empresa OHL já está trazendo benefícios para nossa cidade, vejam na Rotatória, melhoraram a passagem de pedestre em baixo do viaduto, e também irão melhorar a imagem da cidade para quem passa na Rodovia, que antes era apenas carros no pátio, campo de futebol abandonado, ou seja uma vista não muito agradável e que até o final do ano quem passar pela Fernão Dias terá outra imagem de Mairiporã.


VIVA O PROGRESSO
VIVA O CRESCIMENTO COM DESENVOLVIMENTO

2 comentários:

Fórum Popular Contra o Pedagio disse...

Somos do Fórum Nacional Contra o Pedágio gostáriamos muito que vocês
acessacem nossos blogs e pudessem
manter contato.

http://projetodelei.com.br/
www.pedagio.org

DORI disse...

Bom dia Cleriston

Ser contra ou a favor o pedágio não é o maior problema.
Meu, sabe qual é o problema?
É uma obra desse tamanho ser imposta a nós cidadãos de uma hora para outra sem uma discussão maior.
Que tipo de progresso uma obra dessas poderá trazer...você tem algum estudo técnico para afirmar ou contradizer isso?
E os impactos positivos ou negativos você teve acesso a estudos de referência?
Sabe, um grande problema de Mairiporã, é que muitas vezes, agente brinca de achar...acho que vai ser bom...acho que vai ser ruim.
E isso é péssimo para Mairiporã.
Se, no futuro, o pedágio trazer grandes transtornos para a cidade o que os favoráveis ao pedágio vão dizer: Eu não podia fazer nada?Me enganaram com "informações de esquina de boteco"?
Gosto muito de você...Sr. Fernando e Wiullians (messo ele não estando mais com vcs)...mas lembrem-se bem da responsabilidade de começar a pensar em política com mais propriedade e não como uma mera opinião jogada no vento.
Lembre-se: Nem sempre o caminho mais fácil é o melhor caminho.

Um grande abraço e o remeta ao Sr. Fernando.

Dori
Apenas um cidadão