terça-feira, 24 de abril de 2012

VENÇA O MAL COM O BEM


EDUCAR BEM SEU FILHO - CAMINHO PARA O SUCESSO
 
A uns anos atrás recebi um panfleto que tinha em seu título o seguinte: “COMO CRIAR UM DELINQÜENTE”, dez regras fáceis, lista preparada pelo Departamento de Polícia de Houston - Texas - EUA, onde relata em seu inteiro teor o seguinte:
“1) Comece na infância a dar a seu filho tudo o que ele quiser, assim, quando crescer, ele acreditará que o mundo tem obrigação de lhe dar tudo o que deseja;
2) Quando ele disser nomes feios, ache graça. Isso o fará considerar-se interessante;
3) Nunca lhe dê qualquer orientação religiosa. Espere até que ele chegue aos 18 anos, e decida por si mesmo;
4) Apanhe tudo o que ele deixar jogado: livros, sapatos, roupas, brinquedos. Faça tudo para ele, para que aprenda a jogar sobre os outros toda a responsabilidade;
5) Discuta com freqüência na presença dele. Assim ele não ficará chocado quando o lar se desfizer mais tarde;
6) Dê-lhe todo o dinheiro que ele quiser. Nunca o deixe ganhar o seu próprio dinheiro. Porque terá ele de passar pelas mesmas dificuldades que você passou?
7) Satisfaça todos os seus desejos de comida, bebida e conforto. Negar pode acarretar frustrações prejudiciais!
8) Tome partido contra vizinhos, professores, policiais (todos tem má vontade para com seu filho);
9) Quando ele se meter em alguma encrenca séria, dê esta desculpa: Nunca consegui dominá-lo;
10) Prepare-se para uma vida de desgosto. É O SEU MERECIDO DESTINO.”

Estas dez orientações é com certeza uma triste realidade, que infelizmente muitos pais obedecem rigorosamente, acreditando que assim estará educando muito bem seus filhos, uma vez que acham que é desta maneira que o Estatuto da Criança e do Adolescente, entende como dever dos responsáveis educar seus filhos. Digo que o Estatuto bem compreendido e interpretado é um grande auxiliar no desenvolvimento e educação da criança e ele não tira o poder dos genitores/responsáveis de educar seus filhos da maneira correta, ao contrário ele tem orientações para que isto aconteça naturalmente.

Orientações que devem ser respeitadas e observadas constantemente, para que possamos criar nossos filhos muito bem e com dignidade é a orientação Bíblica onde faço questão de separar quatro regras que sendo cumprida integralmente fará de você e de seu filho pessoas felizes e que defendem o bem e não o mal.

Regra 1 - OS PAIS DEVEM ENSINAR SEMPRE SEUS FILHOS A AMAR O NOSSO DEUS. “Amarás o Senhor teu Deus de todo o teu coração, de toda a tua alma, e de toda a tua força. Essas palavras que hoje te ordeno estarão no teu coração. Tu as inculcarás a teus filhos, e delas falarás assentado em tua casa, andando pelo caminho, deitando-te e levantando-te” (Deuteronômio 6:5-7).

Regra 2 - OS PAIS DEVEM TREINAR SEUS FILHOS PARA QUE RESPEITEM O MUNDO E A SOCIEDADE. “Instrui o menino no caminho em que deve andar, e até quando envelhecer não se desviará dele” (Provérbios 22:6).

Regra 3 - OS PAIS DEVEM ORIENTAR OS FILHOS A SEREM SÁBIOS E PARA NÃO ENVOLVEREM-SE COM COISAS PERNICIOSAS DESTE MUNDO. “O homem que ama a sabedoria alegra a seu pai, mas o companheiro de prostitutas desperdiça os bens” (Provérbios 29:3).

Regra 4 - OS PAIS NUNCA DEVEM PROVOCAR A IRA DOS FILHOS, MAS SEMPRE DEVEM DISCIPLINÁ-LOS CONFORME AS ORIENTAÇÕES DO SENHOR. “E vós, pais, não provoqueis à ira a vossos filhos, mas criai-os na disciplina e instrução do Senhor” (Efésios 6:4).

Para manter um filho bem educado seja fiel cumpridor das orientações Divina, cumpra atentamente essas quatro regras, pois somente assim não passará por dissabores no futuro, pois com a total certeza, afirmo que, seus filhos serão exemplos de cidadãos para a nossa sociedade. Além do que, o mundo estará salvo totalmente, pois o filho que houve as instruções do pai, nunca irá destruir as grandes obras do seu Criador. “Coroa dos velhos são os filhos dos filhos, e a gloria dos filhos são seus pais.” (Provérbios 17:6). Entre o bem e o mal, escolha sempre o bem e lembre-se “o Amor sempre vence o Ódio”
 
E que o nosso Deus Todo-Poderoso, continue nos abençoando.

Nenhum comentário: