quinta-feira, 9 de fevereiro de 2012

CARNAVAL - A FESTA DA CARNE

O CARNAVAL CHEGOU
 
ESTAMOS novamente próximos a mais um Carnaval, o tempo passa muito rápido. O carnaval que aparentemente não faz medo, é um feriado de causar espanto em qualquer cidadão, uma vez que neste feriado, muitos abusam do uso de bebidas e ainda são incentivados por alguns formadores de opinião, tanto da impresa falada, escrita ou televisiva.

Outro ponto que nos causa espanto, é o estimulo exagerado que órgãos do governo fazem ao sexo livre, divulgando locais que estarão sendo entregues, preservativos para a população. Combater a AIDS é preciso, mas a melhor maneira para combater este mal, não é doando preservativos e incentivando a pessoa de que está autorizada a fazer sexo com qualquer um. O que deve ser divulgado é o respeito ao próximo, mostrando que o sexo seguro é aquele realizado no casamento.

Neste feriado verifico no meio das festas três tristes realidades, que passo a transcreve-los, por entender ser de grande valia para a sociedade em geral.

A primeira triste realidade é o próprio significado da palavra carnaval, conforme descrito no dicionário Folha/Aurélio, que assim expressa: “Periodo de festas PROFANAS...”. “...os três dias imediatamente anteriores à quarta-feira de cinzas, dedicados a diferentes sortes de diversões, folias, folguedos...”. “...confusão, trapalhada, desordem.”

Vejamos, o carnaval é considerado um período de festas “PROFANAS” - Isso significa não respeitar as ordenanças Divinas. Também o carnaval tem como significado: confusão, trapalhada e desordem. O que podemos esperar de uma festa que destaca-se por estes predicados.

A segunda triste realidade é o das conseqüências causadas durante esta festa, da qual relatamos algumas:

- Pessoas totalmente alcoolizadas jogadas nas sarjetas;
- Adolescentes em coma alcoolica nos hospitais;
- Crianças procurando seus pais em locais de informação;
- Acidentes em números elevados nas estradas;
- Pessoas drogadas por todos os cantos da cidade;
- Prostituição;
- Sofrimentos, atos de vandalismos e etc.

A terceira triste realidade, é a seguinte, não obedecer a ordem do nosso Deus. Por ser uma festa “PROFANA”, ou seja, que só traz alegrias passageiras, festa totalmente CARNAL, esta não agrada a DEUS em nenhum momento. Vejamos o que o Apostolo Paulo escreveu na Bíblia Sagrada, em sua carta aos Romanos 8: 5 e 6 - “Pois os que são segundo a carne inclinam-se para as coisas da carne; mas os que são segundo o Espirito para as coisas do Espirito. Porque a inclinação da carne é morte; mas a inclinação do Espirito é vida e paz. Porquanto a inclinação da carne é inimizade contra DEUS, pois não é sujeita a Lei de Deus, nem em verdade o pode ser; e os que estão na carne não podem agradar a Deus”.

Precisamos de Deus em todos os momentos de nossa vida, então porque desagradá-lo? Somente para alegrar sua carne por um curto período?

Relacionado acima, as três tristes realidades desta festa, designada como “carnaval”, desejo que você leitor, compreenda o meu pensamento, pois eu não sou contra nenhuma festa e nenhum espetáculo, mas sou contra tudo aquilo que desrespeita a vida, a saúde e principalmente o meu Deus - ser Supremo.

Apresento um desafio: Qual feriado acontece mais catástrofes em nosso País? Pode pesquisar, pois a resposta é pura e simples, no feriado de Carnaval. Uma vez que este feriado, não agrada a Deus e nunca poderá agradar, pois é um feriado que comemora as coisas da carne e não as coisas Espirituais.

Caro leitor, saiba aproveitar este feriado, não esquecendo que temos um Deus que tudo vê, e este Deus, deseja que tenhamos uma vida em paz e sossegada, mas Ele requer respeito e acima de tudo Adoração.

Que Deus nos abençoe.

Nenhum comentário: