domingo, 29 de novembro de 2009

ROBERTO REQUIÃO PRESIDENTE

QUERCIA AFIRMOU QUE O GOVERNADOR DO PARANÁ ASSUMIU A PRÉ-CANDIDATURA

A reunião peemedebista realizada na cidade de Itapetininga neste sábado (28), foi de várias surpresas a primeira quando Michel Temer alegou estar tudo em paz entre ele e o PMDB de São Paulo, uma demonstração de que Quércia é forte dentro do partido e suas opiniões são muito respeitadas.

Outra surpresa foi Quércia afirmar que algumas lideranças do PMDB Nacional se reuniram no Paraná e lançaram a pré-candidatura do Governador Roberto Requião, que aceitou de imediato. Esta informação demonstra que o PMDB poderá entrar na disputa pela Presidência da República e isto muda totalmente os quadros eleitorais, principalmente porque o PMDB unido, conta com a maioria dos governos de estado, maior número de senadores e deputados, bem como prefeitos e vereadores, e também conta com o maior tempo de horário político.

Quércia relatou que continua mantendo o compromisso que o diretório paulista tomou de apoiar a possível coligação entre PMDB, DEM e PSDB, mas que caso Roberto Requião seja o candidato do partido, o PMDB paulista será o principal cabo eleitoral do governador paranaense.

Mas a maior surpresa foi a de Francisco Rossi, apresentar na reunião seu nome como pré-candidato a Governador. Rossi disputou duas vezes a eleição para governador em São Paulo, perdendo ambas para o ex-governador Mário Covas.

As reações sobre este anúncio de Rossi foram variadas, uns aplaudiram e outros acharam no mínimo extranha, pois Rossi pode estar verdadeiramente com vontade de disputar as eleições, ou apenas tem o interesse de impedir a coligação do PMDB com DEM e PSDB, pois afirmou que não vota em Geraldo Alkimim.

O ex-governador Quércia, informou a Francisco Rossi que apresente na Convenção do partido dia 13 de Dezembro sua pré-candidatura, mas por enquanto o partido continuará respeitando a decisão da Comissão Executiva Estadual que aprovou uma pré-aliança que já elegeu Kassab/Alda prefeito e vice da Capital Paulista.

O PMDB é um partido bastante democrático e isto deve ser mantido, pois foi o PMDB quem conquistou esta democracia, então viva as divergências e viva a liderança de Orestes Quércia e sabe liderar o PMDB Paulista.

Dia 13 de Dezembro vamos estar todos na Assembléia Legislativa para acompanharmos uma grande Convenção que com certeza marcará mais uma página na História Vitoriosa do PMDB.

Nenhum comentário: