quarta-feira, 30 de setembro de 2009

COMBATENDO O PROBLEMA NA ORIGEM

NÃO VAMOS APOIAR QUALQUER TIPO DE VÍCIO

A frase Droga Mata é conhecidíssima e divulgada pelo mundo inteiro, e todos entendem como verdadeira. Em nosso mundo atual a sociedade sofre com o maior problema do século, qual seja, o vício, apesar de não nos esquecermos que existem outros problemas como o desemprego, à fome, à ignorância à discriminação, entre outros. Sabemos que estes males estão cada vez mais insuportáveis, mas nenhum desses males é tão destrutivo para o ser humano como o vício.

O vício destrói o homem de tal forma que este passa a ficar irreconhecível na sociedade, e isto não é novidade, pois todos conhecemos várias pessoas que antes de se entregarem nesse mundo, viviam uma vida tranqüila, mas depois se transformaram completamente, vivendo jogados nas ruas e nas praças, sempre na procura da próxima dose ou na espera de mais uma agulhada.

Esse mal decreta a falência total do ser humano, primeiramente porque, o indivíduo dependente ele passa a perder privilégios em seu antigo ambiente social, pois seus amigos perdem a confiança que antes depositavam; segundo porque, o viciado está trilhando numa pista, quase que sem retorno, para o fundo do poço; terceiro porque, a morte (não a natural, que todos devemos passar) é companheira constante dos viciados, uma vez que os vícios arrasam completamente todos os meios de defesa do organismo.

Neste ponto creio que todos devem estar concordando com o que transcrevi acima, mas entendem como vícios apenas as drogas (maconha, LSD, morfina, cocaína, e etc...) e o álcool, não incluindo nesse rol o maldito do cigarro. O cigarro é um dos vícios que mais afetam a sociedade, pois ele aparentemente não muda o caráter do cidadão, bem como também, não lhe prejudica em seu meio social, mas destrói o seu organismo provocando até a sua morte, como prova disto, transcrevo uma reportagem do Jornal Diário de São Paulo, onde assim relata: “CIGARROS PROVOCAM A MORTE DE DEZ BRASILEIROS POR HORA. Estudo revela que o hábito de fumar é o responsável por 90% dos óbitos decorrentes de câncer de pulmão. Rins, bexiga e coração também são afetados. Pelo menos 80 mil brasileiros morrem por ano por causa do fumo. Segundo levantamento do Instituto Nacional do Câncer;...”. “...Os fumantes também têm maior probabilidade de morrer por doença coronariana, especialmente os jovens...”.

Ficou mais do que claro que não podemos aceitar nenhum vício em nosso meio, pois todos eles são destrutivos para a nossa vivência em sociedade. Não devemos aceitar nada que divulgue qualquer forma de droga, pois a maconha, o cigarro de papel, a bebida alcoólica (pinga, cerveja, etc.), somente acabam com a vida da pessoa e quando esta pessoa está na pior ninguém mais se lembra dela, deixando a mesma na mão e nos cuidados de qualquer hospital público.

Não devemos aceitar que a mídia continue influenciando nossa sociedade, usando comerciais contagiantes e alegando que as conquistas e as coisas maravilhosas acontecem porque fumamos determinado tipo de cigarro ou bebemos uma tal bebida alcoólica. Pois saibam que quem fuma ou toma qualquer bebida alcoólica não está conseguindo nada de maravilhoso e sim trazendo sérios riscos para a própria saúde.

Nosso dever é combater qualquer forma de vício, pois somos pessoas de bem e desejamos que nosso mundo seja cada vez mais feliz e próspero.

Nenhum comentário: