quinta-feira, 20 de agosto de 2009

VIDA ABUNDANTE

UMA GARANTIA DIVINA

Esta garantia de vida abundante está claramente descrita na Bíblia Sagrada, onde verificamos nos Dez Mandamentos de nosso Senhor, que o único mandamento com promessa é o quinto, que assim dispõe: “Honra a teu pai e a tua mãe, para que se prolonguem os teus dias na terra que o Senhor teu Deus te dá.” (Êxodo 20.14), mas apesar de ser um mandamento com promessa, verificamos pela atitude de algumas pessoas da sociedade, que não dão qualquer valor a este mandamento ou sequer o conhecem.

A Bíblia é o livro mais importante neste mundo, e deve ser lida e compreendida por todos. Os meios de comunicação devem divulgar este livro Sagrado, para que todos possam saber que ele não foi escrito por qualquer homem, mas pelo poder do Espírito Santo. “Porque a profecia nunca foi produzida por vontade dos homens, mas os homens da parte de Deus falaram movidos pelo Espírito Santo.” (II Pedro 1.21). Quando Deus usou seu servo Moisés para transmitir os Dez mandamentos, fez questão de garantir uma promessa no 5º mandamento, onde quem honrar seu pai e sua mãe, terá a sua vida prolongada aqui na terra. O Apóstolo Paulo, ao escrever seu livro aos Efésios, ressaltou este mandamento. “Vós filhos, sede obedientes a vossos pais no Senhor, porque isto é justo. Honra a teu pai e a tua mãe que é o primeiro mandamento com promessa, para que te vá bem, e sejas de longa vida sobre a terra.” (Efésios 6.1a3).

Tendo em vista que Deus nos garante tantas maravilhas aqui na terra, caso honrarmos nossos pais, porquê será que muitos não respeitam seus pais? Porquê muitos filhos têm coragem de colocar seus pais em um asilo? Porquê alguns filhos cometem atrocidades com os pais? Estes questionamentos só pode ter uma resposta: A falta de compromisso com o Deus todo Poderoso, a descrença no sangue salvador de Jesus Cristo derramado na cruz.

Honrar nossos pais é um dever com garantia de longa vida nesta terra, longa vida não somente com o significado de anos, mas com o significado de que enquanto permanecer neste mundo, será sempre respeitado e admirado, pois você será um exemplo de vida aqui na terra, sem problemas com a sociedade, uma vez que, ouviu os conselhos de seus pais e os está colocando em prática em sua vida. Agora quem desonrar seus pais, pagará com sofrimento e angustia neste mundo, pois o preço da desobediencia é sempre muito dolorido, uma vez que a pessoa nunca será respeitada pela sociedade. Pois pergunto, um filho que acaba com a vida de seus pais, quem o irá respeitar?

Sabemos que a Bíblia também nos deixa claro que acontecimentos horríveis neste mundo, acontecem e irão acontecer cada vez mais, por estarmos aproximando do fim. “Sabe, porém, isto, que nos últimos dias sobrevirão tempos penosos; pois os homens serão amantes de si mesmos, gananciosos, presunçosos, soberbos, blasfemos, DESOBEDIENTES A SEUS PAIS, ingratos, ímpios, sem afeição natural, implacáveis, caluniadores, incontinentes, cruéis, inimigos do bem, traidores, atrevidos, orgulhosos, mais amigos dos deleites do que amigos de Deus, tendo aparência de piedade mas negando-lhe o poder.” (II Timóteo 3.1a5).

Amigo leitor a Bíblia nos orienta de que nos últimos dias, estes em que estamos vivendo, próximo mas muito próximo do fim, uma grande parte da população terá estas características acima, mas Deus através de seu servo Paulo, nos faz este alerta: “Afasta-te também desses.” (II Timóteo 3. 5 parte b). Devemos observar os ensinamentos Bíblicos e corrigir nossos erros para que possamos ser considerados no porvir, pessoas capacitadas a receber ricas bênçãos aqui na terra e no céu, ao lado de nosso Senhor Jesus.

Caso deseja ter vitórias aqui na terra, nunca esqueça de honrar seus pais, pois somente desta forma você conquistará o que mais sonha neste mundo. E o que mais devemos sonhar neste mundo é, ter uma vida abundante e em paz.

“Toda Escritura é divinamente inspirada e proveitosa para ensinar, para repreender, para corrigir, para instruir em justiça; para que o homem de Deus seja perfeito, e perfeitamente preparado para toda boa obra.” (II Timóteo 3. 16 e 17).

Que o nosso Deus todo poderoso, continue nos abençoando.

Nenhum comentário: