quarta-feira, 12 de agosto de 2009

A OAB TEM QUE PERDER SUA FORÇA

PRESIDENTE DA ENTIDADE QUER PUNIÇÃO PARA OS 81 SENADORES

É inacreditável mas é verdade uma entidade que acredita ser a toda poderosa, que mantem inconstucionalmente milhares de bachareis em direito sem poder exercer a função de advogado, que cobra R$ 180,00 para um exame de ordem, quer punição para todos os 81 senadores, conforme defendeu Cézar Britto em entrevista ao Terra Magazine:

"OAB defende processo contra os 81 senadores
Thais Bilenky
Numa proposta polêmica, o presidente da Ordem dos Advogados do Brasil (OAB), Cézar Britto, defende que, diante da gravidade da crise do Senado, devem ser abertos "processos por quebra de decoro parlamentar" de todos os 81 senadores, na impossibilidade legal de uma renúncia coletiva para se refazer as eleições.
O apelo de Britto, feito em entrevista a Terra Magazine, decorre da percepção de que a crise "chegou a um ponto tão grave que é possível que os parlamentares compreendam que eles tenham que a resolver sob pena de condenar o próprio Senado"
.
Querer punir todos os senadores é uma vergonha e uma atitude que deve ser rejeitada, pois temos vários e vários senadores que merecem respeito em nosso Brasil, temos senadores que fazem parte da história do Brasil, temos senadores dedicando sua vida pelo fim da pedofilia no Brasil. OAB respeite o Senado Federal, alguns senadores podem estar com problemas, mas isso não é motivo para que esta entidade condene todos os senadores.
Chegou a hora do Senado dar a devida resposta a OAB aprovando a Lei do Senador Gilvam Borges (PMDB), que pede o fim do exame de ordem aplicado pela OAB. Esta é nossa luta e deve ser todos os brasileiros de bem, pois a fim do exame de ordem será mais uma vitória da democracia e a garantia legal de que quem faz a Faculdade de Direito tenha liberdade para trabalhar.

senador Gilvam Borges
SENADO FEDERAL APROVEM URGENTEMENTE O FIM DO EXAME DE ORDEM APLICADO PELA OAB.

Nenhum comentário: