sexta-feira, 16 de janeiro de 2009

POSSE EM MAIRIPORÃ


PREFEITO AIACYDA, VICE DONA ANA E VEREADORES TOMARAM POSSE.

Como já está tornando tradição em Mairiporã, a posse do Prefeito Antonio Shigueyuki Aiacyda, da Vice Ana Maria Gaggine Tellian e dos vereadores foi realizada no Ginásio do Esporte Clube Mairiporã. Um grande público esteve presente e acompanharam a primeira reunião da Câmara Municipal. Como foi o vereador mais votado em outubro passado, Eduardo Pereira dos Santos (Du) presidiu a reunião, dando posse primeiramente aos vereadores eleitos e depois convocou o Prefeito Aiacyda e sua vice dona Ana, para tomarem posse.
O Prefeito Aiacyda entra para a história do município como o primeiro prefeito Reeleito, uma conquista que traz também muitas responsabilidades, pois é importante respeitar o eleitorado e também a população que aprovaram o seu mandato.
Tomaram posse os vereadores: Eduardo (Dú); Marco Antonio; Valdecir do Mak; Glauco Costa; Dr. Oswaldo; Dayvid Alves; Júlio Ruiz (reeleitos); Walid (Aladim); Marcinho da Serra e Dr. Ricardo Vieira (primeiro mandato), são estes os representantes do legislativo municipal, que representam as bancados dos partidos: PSDB (3), PR (2), DEM (2), PMDB (1), PTB (1) e PSDC (1).
Os vereadores além de tomarem posse do mandato 2009/2012, também elegeram a nova diretoria da Câmara Municipal, que ficou assim constituída: Presidente Valdecir do Mak, Vice Presidente Walid (Aladim), 1º Secretário Dr. Oswaldo e 2º Secretário David Alves. É a primeira vez que um vereador do Distrito Industrial de Terra Preta exercerá o cargo de Presidente da Câmara. Um orgulho para os habitantes daquele distrito que lutam ha muitos anos pela emancipação, com certeza é um grande passo ter um representante da comunidade terrapretense no cargo mais importante do Legislativo Municipal.
O Presidente Valdecir fez um discurso de posse, como agradecimento, por todos aqueles que lhe ajudaram a ganhar a eleição de vereador e também que trabalharam para que ele fosse eleito presidente da Câmara por unanimidade de votos dos seus pares.
A Câmara de Mairiporã demonstra estar muito unida e isto poderá ajudar muito no desenvolvimento da cidade, que esta união mantenha-se mas sempre na defesa dos interesses da sociedade, pois é para isto que os eleitores elegeram seus representantes.
O Prefeito reeleito Antonio Aiacyda, em seu discurso de posse está mostrando algo novo, pois está muito diferente do seu discurso de 2005, quando praticamente afirmou que iria governar sem a Câmara Municipal, desta vez o Prefeito alega que quer trabalhar em conjunto que deseja resolver os problemas da cidade, juntamente com os 10 vereadores, elogiou o trabalho dos vereadores e disse que está disposto a resolver o principal problema da cidade que é o da Saúde, disse que está pronto para ouvir as opiniões e quer juntamente com a população, sua vice Dona Ana e também dos vereadores solucionar este grande problema que a cidade enfrenta.
Uma das provas de que o prefeito parece estar mudando é a nomeação de novos secretários, em áreas que ele foi mais criticado em seu primeiro mandato: finanças; obras; jurídico e saúde, mantendo secretários que atenderam muito bem a população sem distinção de linha política, como exemplo do competente Secretário de Meio Ambiente Jompeter Germano Glaeser e da Secretária da Educação Leila Aparecida Ravazio. A mudança que chamou mais a atenção e que com certeza já demonstra uma articulação direta com o poder legislativo foi a nomeação do vereador Glauco Costa como secretário da Saúde, com isto o prefeito verdadeiramente está dividindo a responsabilidade na administração pública. Com a posse do vereador Glauco Costa como secretário, quem irá assumir sua vaga de vereador é o Professor Éssio, que também é um político que tem muito a contribuir com o município, pois tem experiência (foi secretário de Educação no Governo Carpi e secretário de Desenvolvimento Econômico no Governo Aiacyda).
Nosso dever é acompanhar o que os próximos quatro anos, tem a nos mostrar, os assuntos importantes e bons apoiaremos, e continuaremos a denunciar as coisas erradas ou corrupção caso aconteça, mas não temos nenhuma vontade que isto venha acontecer, pois sempre quem perde é a população.
Cleriston Valle – MTB/SP 41.525

Nenhum comentário: